Home / Você na moda / E-commerce 33e34 recebe investimentos dos 04 principais investidores anjo do Brasil Criada para atender o mercado de nicho, a 33e34 da empreendedora Tania Gomes, nasceu da dificuldade de sua idealizadora, que calça 33, em encontrar um sapato para u


E-commerce 33e34 recebe investimentos dos 04 principais investidores anjo do Brasil Criada para atender o mercado de nicho, a 33e34 da empreendedora Tania Gomes, nasceu da dificuldade de sua idealizadora, que calça 33, em encontrar um sapato para u

Data: 25/08/2017

E-commerce 33e34 recebe investimentos dos 04 principais investidores anjo do Brasil

Criada para atender o mercado de nicho, a 33e34 da empreendedora Tania Gomes, nasceu da dificuldade de sua idealizadora, que calça 33, em encontrar um sapato para um evento de final de ano.

baixa loja.jpg

Da frustração inicial, surgiu a ideia de solução do problema, uma loja online para atender apenas clientes que calcem 33 ou 34. Com pesquisas de mercado em mãos, Tania desenvolveu um “business plan”, encontrou investidores anjo e criou a marca, que hoje conta com e-commerce, loja física e marca própria.

“Após três rounds de investimentos, a 33e34 já teve R$ 1 milhão investidos na empresa. Os 04 principais investidores anjos do Brasil estão com a gente”, revela Gomes. Os nomes deles já são bem conhecidos do mundo das startups, são eles: João Kepler, Fábio Póvoa, Camila Farani e Marco Poli.  

baixa tania sapatos.jpg

De lá para cá, as mulheres de pequenos pés deixaram de perder tempo e já não gastam mais solas de sapatos para localizar no comércio uma loja que atenda as suas necessidades.

Primeira e única loja online multimarca no Brasil, a 33e34 atua exclusivamente no nicho das mulheres de pequenos pés e tem um mercado potencial de 05 milhões de mulheres somente no Brasil.

A empresa que cresce em ritmo veloz iniciou suas atividades pelo e-commerce de multimarcas, investiu em sua marca própria para incrementar ainda mais o portfólio oferecido às clientes, mantém em seu cadastro de compras mais de 30 mil consumidoras.  

baixa tania gomes.jpg

“Como os varejistas de calçados privilegiam a compra de modelos de numeração 35 até 40, a entrada da 33e34 no segmento de nicho, chega para atender esta demanda reprimida, onde as clientes compram sem frustração e podem escolher como querem comprar, se via e-commerce ou na loja física, e recebem os produtos selecionados em seu endereço de preferência”, explica Gomes.

“Montamos um negócio que auxilia no fortalecimento da autoestima da mulher. É triste precisar comprar algo e não conseguir, mas isso já são águas passadas, entramos com tudo para movimentar ainda mais o mercado da paixão nacional entre a maioria das mulheres, os sapatos”, comemora Tania.





Compartilhe: